OAB-PI: gastos com farras em hotéis de luxo, passagens e propagandas tem justificativa?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Em 2023, a Instituição não divulgou nenhuma informação sobre uso dos recursos

Na tarde desta quinta-feira(16), um grupo de advogados e advogadas esteve na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí (OAB-PI), para protocolar requerimento solicitando, em nome da transparência, uma série de documentos.

Esta não é a primeira vez que advogados cobram transparência da OAB-PI, que no exercício atual não apresentou nenhum balanço financeiro ou qualquer informaçao de demonstre como tem utilizado os recursos provenientes das anuidades da advocacia piauiense.

“A advocacia piauiense precisa que a nossa casa de o exemplo e seja o mais transparente possível. Nos precisamos de uma casa aberta e transparente, permitindo que todos os advogados e advogadas piauienses possam fiscalizar e, com isso, contribuir com a instituição”.

Decisão favorável:
Em decisão histórica, a Justiça Federal de Pernambuco determinou que a Seccional pernambucana da OAB detalhe os gastos da Instituição. A conquista foi possível após Mandado de Segurança ingressado pelo advogado Almir Reis, que considerou que a obscuridade das despesas daquela Seccional, especialmente no que diz respeito a viagens e publicidade, minava a confiança e eficácia da OAB-PE. A sentença estabelece um importante precedente na transparência das gestões de representação das classes profissionais.

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!