Cidade Olímpica vai representar o Norte/Nordeste na Olimpíada Brasileira de Satélites

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

O Programa Cidade Olímpica Educacional (COE), da Prefeitura de Teresina, executado pela Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec). irá representar as regiões Norte e Nordeste do Brasil na Olimpíada Brasileira de Satélites 2023 (OBSAT), que acontecerá em Natal(RN), no período de 4 a 8 de dezembro. A competição, idealizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e organizada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com o apoio e parceria de renomadas instituições como a Agência Espacial Brasileira (AEB), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a Liga Amadora Brasileira de Rádio Emissão (Labre) e a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da Universidade de São Paulo (USP) visa promover o conhecimento e o interesse dos estudantes brasileiros em ciências espaciais.

Uma das conquistas notáveis do COE é o desenvolvimento do satélite Cansat por alunos, sob a supervisão do professor Edwar Montenegro e a coordenação da professora Elinalva Barbosa. Esse projeto inovador tem como foco o estudo da radiação UV e gás Ozônio na atmosfera do Nordeste do Brasil por meio do Cansat. Essa conquista permitiu que o Cidade Olímpica Educacional se destacasse como representante das regiões no cenário nacional.

 

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, destaca o empenho dos alunos em aprimorar suas habilidades e a dedicação dos professores do COE. “Agradeço o grande empenho da equipe do programa Cidade Olímpica Educacional, dos alunos que sempre estão empenhados em trabalhar melhor suas habilidades e agradecer aos professores na condução desses alunos para um futuro brilhante”, concluiu.

O lançamento do satélite Cansat está programado para ocorrer na cidade de Natal, na base de lançamentos de foguetes, com a delegação composta por três alunos do COE e o professor Edwar, que embarcarão para a capital do Rio Grande do Norte no mês de dezembro. O evento contará com a participação de 20 equipes de todo o Brasil, competindo para mostrar suas habilidades e conhecimento na área espacial.

A OBSAT tem como objetivo principal destacar a importância dos satélites no cotidiano das pessoas, evidenciando seu papel crucial em diversas atividades, como comunicações, monitoramento ambiental, segurança de fronteiras, exploração científica e serviços de localização. Além disso, a competição busca oferecer capacitações, motivar estudantes brasileiros de todos os níveis a seguirem carreiras técnico-científicas e promover experiências teóricas e práticas em projetos de satélites.

A participação do Programa Cidade Olímpica Educacional de Teresina na OBSAT é uma demonstração do potencial e dedicação dos estudantes e educadores na busca por avanços científicos e tecnológicos, bem como no fortalecimento da educação e da pesquisa em ciências espaciais no Brasil.

Fonte: Ascom/Semec

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!