Construção de escolas em Teresina terá sistema inovador de tecnologia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Os encaminhamentos para a construção das próximas unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina estão avançando entre a comissão responsável pelos projetos.

Os encaminhamentos para a construção das próximas unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina estão avançando entre a comissão responsável pelos projetos. Isso porque as novas escolas serão planejadas com ajuda do Núcleo de Tecnologia BIM, da Prefeitura de Teresina.

BIM significa Building Information Modelling, um sistema que inclui modelagem inteligente em 3D, com a concentração de todas as informações de diversas áreas relacionadas à obra em um único documento. Um processo para a gestão da informação, desde a concepção até a gestão da edificação pronta. Para isso, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) conta com apoio do Núcleo, estruturado pela Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan).

Divulgação

A metodologia inovadora reduz os custos das obras, otimiza o tempo de construção, garante o cumprimento de prazos e funcionalidade. Interessado em colocar em prática as ideias promissoras da plataforma na educação, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, já sugeriu uma visita técnica da equipe para conhecer prédios públicos, com esta estrutura, no vizinho estado do Maranhão.

“Ainda não temos escolas nesse formato, mas há modelos arquitetônicos com modelagem inovadora que podem nos inspirar na prática. Acredito que esse processo de construção faz todo sentido para a educação pública, pois é uma obra rápida e de vida longa, que promete beneficiar a cidade agora e por muito tempo”, declara Nouga.

A coordenadora geral do NUBIM PMT, Virgínia Moura, conta que as reuniões têm sido positivas e as propostas estão convergindo para a formalização de cada etapa. “É tudo novo, mas o BIM vem para otimizar os processos e trazer transparência às construções, além de ser uma economia aos cofres públicos. Teresina tem essa prioridade com a educação e estamos avançando nisso”, conclui Virgínia.

Fonte: Ascom/ Semec

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!