Filme produzido por estudantes de escolas estaduais do Piauí está disponível no YouTube

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Filme produzido por estudantes de escolas estaduais do Piauí está disponível no YouTube

O filme “Cabo de Guerra”, curta-metragem produzido por estudantes da rede estadual de ensino, foi exibido pela primeira vez em dezembro do ano passado no Cinemas Teresina e foi bastante elogiado pelo público. Agora está acessível para todos no YouTube. A comédia conta com a participação de 24 jovens e adultos que, em nove meses, colocaram em prática todos os conhecimentos adquiridos no projeto Cinema na Escola, coordenado pelo cineasta Cícero Filho e pela equipe da TvM Filmes, que ofereceu aulas teóricas e práticas voltadas para a produção audiovisual.

Divulgação

Durante o projeto, os estudantes foram incentivados a criar as próprias histórias com o olhar voltado para a produção cinematográfica. Na oportunidade, eles aprenderam também sobre as técnicas de roteiro, fotografia, atuação para cinema, edição, corte, música, trilha sonora, acesso aos softwares de edição, dentre outras informações.

A comédia, que também faz uma reflexão acerca das emoções humanas, narra a disputa entre dois anjos do gabinete celestial: Angeriel (Irapuan Nunes), um anjo do bem que sempre visa ajudar pessoas, e Sataninha (Rytha Campos), um ser mal-humorado, inescrupuloso e cheio de artimanhas.

De acordo com o coordenador das Escolas de Tempo Integral da Seduc, professor Alberto Machado, o projeto teve uma receptividade muito boa por parte dos estudantes. “O Ceti Didácio Silva é uma escola muito voltada para as artes, com atividades como pintura, dança, poesia e música, mas faltava algo grandioso como o cinema. Podemos dizer que este projeto foi de grande valia para o processo de ensino-aprendizagem porque colocou os alunos como protagonistas. Eles participaram de todo o processo de produção do filme, desde a escolha do roteiro, nome do filme, escolha de personagens e locais”, afirma o gestor.

“Entregamos aos alunos o conhecimento completo do ramo cinematográfico. Sempre alinhando teoria e prática. O resultado é o melhor esperado, que é preparar o aluno para projetos futuros do segmento. Nós estamos hoje com quatro alunos já no mundo do trabalho e seguimos capacitando jovens de escolas públicas que não têm condição de pagar um curso de cinema, que é caro, e o projeto Cinema na Escola possibilita isso. Estamos abrindo novas janelas de conhecimento e oportunidade para esses jovens”, afirmou o cineasta Cícero Filho, produtor do filme e coordenador do projeto. Ele é o criador do grande sucesso nacional “Ai que Vida!”.

Fonte: Ascom (assessoria de comunicação)/ Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!