Governador discute potenciais do Piauí na produção de hidrogênio verde com empresários e representantes do governo italiano

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Em Roma (ITA), governador discute fornecimento de eletrolisadores, expansão de investimentos da Enel Green Power no Piauí e se reúne com representantes do governo e setores industrial e financeiro da Itália.

O governador Rafael Fonteles deu início à agenda desta quarta-feira (28), em Roma (ITA), com reunião por videoconferência com o diretor Antonio Lorenzo Antozzi, responsável pelo setor de Transição Energética e Hidrogênio da De Nora. A ideia do encontro foi apresentar as características e diferenciais do Piauí para a produção de hidrogênio verde e firmar parcerias com a multinacional italiana.

Com sede em Milão, o grupo De Nora opera em 10 países, entre eles o Brasil, onde tem, há 40 anos, uma fábrica em Sorocaba (SP). A empresa desenvolve soluções para transição energética, descarbonização e limpeza de água. Além disso, em parceria com o grupo alemão ThyssenKrupp, fabrica e fornece eletrolisadores em larga escala, inclusive, para o estado da Bahia, que os utiliza para a produção de fertilizantes.

 

Durante a reunião, o governador inseriu o Piauí como o principal Vale do Hidrogênio Verde na América do Sul. Para isso, apresentou os motivos que colocam o estado nessa posição, como localização privilegiada, ter a terceira maior reserva de água do Brasil, suas experiências exitosas na produção de energias solar e eólica, a presença de uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e o Porto de Luís Correia, que terá a sua primeira fase inaugurada ao final deste ano.

“Uma audiência importante para entender melhor a capacidade de produção dos eletrolisadores para abastecer os projetos que estamos levando ao Piauí. Acreditamos bastante nessa parceria para o fornecimento desses equipamentos importantes para a indústria do hidrogênio verde, na qual estamos nos preparando para ser um dos grandes produtores”, disse o governador Rafael Fonteles em suas redes sociais.

Reunião com governo italiano e setores industrial e financeiro

Após a videoconferência, o governador se reuniu com empresários e representantes do governo italiano e dos setores industrial e financeiro do país, na Embaixada do Brasil em Roma. Na oportunidade, deu continuidade à apresentação dos potenciais do Piauí e destacou os memorandos de entendimento já assinados com grandes empresas do exterior para investimentos no estado, especialmente para a produção de hidrogênio verde.

O chefe do Executivo piauiense exaltou, ainda, grandes feitos do estado, que é líder em produção de energia solar centralizada no Brasil, além de ser o terceiro maior em energia eólica. O Piauí tem, ainda, os maiores parques solar e eólico das Américas, sendo o solar localizado em São Gonçalo do Gurguéia, e o eólico nos municípios de Lagoa do Barro, Queimada Nova e Dom Inocêncio.

“Estamos buscando essa relação mais próxima com as áreas governamental, financeira e industrial. São esses contatos que nos aproximam dos grandes investidores do setor de energias, que certamente vão nos abrir muitas oportunidades e contribuir para que o Piauí seja protagonista no mercado de hidrogênio verde no mundo”, destacou Rafael Fonteles.

Participaram do encontro representantes da Confederação Geral da Indústria Italiana (Confindustria); do Intensa Sanpaolo, o maior banco italiano e o 27º maior do mundo; da Agência Nacional para Novas Tecnologias, Energia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (ENEA); além da Federação das Associações Nacionais da Indústria Mecânica Variada (ANIMA).

Reunião com Enel Green Power

A última reunião do governador, nesta quarta-feira, foi com o presidente global de Desenvolvimento de Negócios da Enel Green Power, Dr. Carlo Zorzoli, e representantes da empresa italiana, que já atua no Piauí. O grupo é responsável pelo maior parque solar da América Latina, localizado em São Gonçalo do Gurguéia.

Durante a reunião, na sede da Enel, localizada em Roma, discutiu-se a expansão dos investimentos da empresa no Piauí. “A Enel já é uma grande parceira do Estado, investindo em energias eólica e solar. Queremos ampliar essa parceria, desta vez na área do hidrogênio verde. Essa é uma oportunidade de fechar novos negócios e trazer mais investimentos e desenvolvimento ao Piauí”, disse Fonteles.

Fonte: Ascom/Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!