Piauí inicia 2023 com redução nos casos de dengue, zika e chikungunya

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Piauí inicia 2023 com redução nos casos de dengue, zika e chikungunya

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) divulgou, nessa terça-feira (10), o boletim referente à primeira semana epidemiológica do ano de 2023. O documento traz dados sobre as notificações de arboviroses nesse período, apontando casos notificados, óbitos registrados em decorrência das doenças e uma comparação com o mesmo momento de 2022.

As notificações de dengue reduziram 95,4%, com quatro casos notificados em um município, enquanto que em 2022 o estado chegou a registrar 87 notificações em 19 cidades. Todos os casos notificados deste ano são de Teresina.

Os dados de zika vírus apontam redução de 100% das notificações em relação ao mesmo período de 2022. Não houve nenhuma notificação registrada, enquanto que em 2022, um caso foi notificado nos sistemas de informação.

A febre chikungunya apresentou queda de 71,4% nas notificações de novos casos, sendo dois notificados em dois municípios, ao passo que em 2022 foram sete notificações da doença na primeira semana.

Durante a primeira semana epidemiológica de 2023, nenhuma das três arboviroses presentes no boletim apresentou registro de óbitos.

Ocimar Alencar, supervisor de Entomologia da Sesapi, aponta que a redução dos casos é bem-vinda, mas que a população precisa continuar atenta no enfrentamento ao mosquito vetor das doenças, uma vez que 80% dos criadouros do inseto são identificados em residências e áreas adjacentes.

“O primeiro boletim do ano trouxe redução de notificações para as três enfermidades, mas isso não pode resultar em um relaxamento das medidas de prevenção. Pedimos que a população siga com o monitoramento dentro de suas casas. Esse trabalho conjunto com o poder público, evitando o surgimento de criadouros, é essencial para a manutenção de poucos casos das doenças durante o ano”, explicou o supervisor.

 

Fonte: Ascom Sesapi/ Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!