Piauí integra rede de ministros e secretários da educação da América Latina

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Secretário da Educação, Washington Bandeira, participa de encontro da rede de ministros e secretários da educação que está sendo realizado nos Estados Unidos.

As experiências da educação piauiense estão sendo compartilhadas durante encontro da primeira rede de ministros e secretários da educação da América Latina, que está sendo realizado nos Estados Unidos até sexta-feira (27). O secretário de Estado da Educação do Piauí (Seduc), Washington Bandeira, está representando o estado no encontro, que parte da “Comunidade Araucária”, criada com a missão de pensar os desafios educacionais em termos globais, abrindo linhas de diálogo que proponham projetos comuns em políticas educacionais baseadas em acertos e erros.

A comunidade reúne exclusivamente ministros e secretários da educação da região: Brasil, Argentina, Colômbia, Equador, Paraguai, Uruguai e México. É promovido pela Fundação Varkey, Comunidade Atenea e atores educacionais aliados, como a Universidade de Georgetown – sede para este primeiro encontro – o Banco de Desenvolvimento da América Latina, a Fundação Coppel, a Fundação Incluindo México, o Instituto Natura, a solução educacional Ticmas, o BID, a Templeton World Charity Foundation e a Fundação Lemann.

Divulgação

Além do Piauí, entre os representantes da educação pública no Brasil, foram convidados os secretários de estado Raquel Teixeira, do Rio Grande do Sul; Vitor De Ângelo, do Espírito Santo; e Alan Porto, do Mato Grosso. Os gestores contam com o apoio da Fundação Lemann e do Instituto Natura.

Nos encontros, os gestores compartilham experiências educacionais dos países, especialmente dos Estados Unidos, que podem ser replicados e inspirar as gestões dos países da Comunidade Araucária na América Latina. Entre os palestrantes estão: Arne Duncan, ex-secretário da Educação na gestão do presidente americano, Barack Obama; e Andreas Schleicher, diretor de educação e competências na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“Acompanhamos palestras interessantes sobre a experiência dos EUA em educação, como as estratégias de baixo custo para melhoria dos índices educacionais nos países em desenvolvimento e política pública baseada em dados e evidências, que são temas que irão agregar a gestão educacional piauiense”, explica o secretário Washington Bandeira.

Entre as propostas de implementação, chama à atenção as políticas que priorizam a valorização de professores e alunos, com a necessidade de investimento na qualificação de professores de educação básica, na leitura dos estudantes e no fortalecimento de habilidades socioemocionais dos alunos, o uso das tecnologias e a educação financeira nas escolas.

“É um ambiente de muito aprendizado, de conhecer experiências que deram certo em outros países, especialmente nos EUA. São atuações aprovadas em outros países que podem ser eficientes à nossa realidade, pois são estratégias que contribuem de forma consistente para implementar os caminhos da política pública de evidência, uma das estratégias adotadas na Seduc”, explicou o gestor estadual.

Inclusão digital

A educação digital foi um dos temas em destaque no encontro com os representantes dos países americanos. As palestras demarcaram a importância do ensino digital como ferramenta e ampliação do acesso à tecnologia voltada à educação profissional.

Divulgação

“Foi destacado que o ensino dos nossos jovens se faz de modo automatizado e ultrapassado. Teremos que gerar oportunidades modernas para esses jovens que aspiram à empregabilidade no mundo de hoje e saiam da realidade limitante. Nesse contexto, o professor deve ter a capacitação de ensino para compreender os diferentes níveis de aprendizagem dos alunos e promover um ensino mais eficiente”, comentou Washington Bandeira.

Fonte: Com infomrações do Infobae/ Ascom (pi.gov)

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!