Piauí terá indústria de produção de hidrogênio verde na ZPE de Parnaíba

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

O projeto inclui, ainda, a implantação de uma planta solar em Buriti dos Lopes, com previsão de início das obras para 2024.

O Piauí deu mais um importante passo para se tornar um dos principais produtores de hidrogênio verde no mundo. Nesta sexta-feira (29), o governador Rafael Fonteles anunciou que o grupo Solar Outdoor Media irá instalar uma unidade de produção de hidrogênio verde e amônia verde, na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Parnaíba, no litoral piauiense.

Durante a reunião com o CEO da Solar Outdoor Media, Luciano Guido, foi anunciado, ainda, que o grupo alemão avançou com o seu projeto de produção de energia solar em Buriti dos Lopes. A expectativa é de que as obras de implantação da planta sejam iniciadas em 2024 e empreguem mais de 1.800 pessoas de Buriti e região.

Inicialmente, a planta solar de Buriti dos Lopes terá potencial de produção de 940 Megawatts (MW) de energia, podendo chegar a até 3 Gigawatts (GW), o que lhe tornaria o maior projeto da América Latina em produção de energia solar.

A energia produzida no município será encaminhada até a indústria, em Parnaíba, de forma que seja realizada a produção de hidrogênio e amônia e estes sejam exportados até a Alemanha.

Segundo o governador Rafael Fonteles, o projeto é um grande passo para a transição energética no Piauí. “Um projeto bilionário muito importante ao nosso estado, que busca ser líder mundial na produção de hidrogênio verde e, a partir disso, trazer desenvolvimento ao Piauí”, disse.

solar2.jpg

O CEO Luciano Guido destacou a sua felicidade com os avanços nas tratativas com o Governo do Piauí. “Estamos felizes e entusiasmados. Nós percebemos a visão que o governador tem para o estado no que diz respeito à transição energética e novas tecnologias. Então, estamos comprometidos para que tudo isso se torne realidade e contribuamos com o desenvolvimento do Piauí”, destacou.

Fonte: Ascom/Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!