Polícia do Piauí prende um dos principais acusados de executar jovem na zona Norte de Teresina

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Homem conhecido como “Manga Rosa” foi preso na cidade de Anísio de Abreu

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), prendeu, na tarde dessa terça-feira (4), um homem identificado como Filipi Wanderson de Oliveira da Silva, vulgo “Manga Rosa”, acusado de executar um adolescente de 14 anos em Teresina no último dia 21 de junho. A prisão ocorreu na cidade de Anísio de Abreu, localizada a 560km de Teresina, e contou com o apoio da 8ª Delegacia Regional de São Raimundo Nonato, da Polícia Militar do Piauí e da Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública.

De acordo com a polícia, o homem fugiu para Anísio de Abreu um dia após a divulgação do vídeo, em que os acusados gravam a execução do jovem e que foi amplamente divulgado. Ele estava na residência de parentes da namorada, que também se encontrava no local, na zona urbana do município.

Segundo o delegado Charles Pessoa, coordenador do DRACO, desde a última sexta-feira(30) equipes do Departamento foram ao município para realizar a localização e prisão do acusado, que tinha mandado de prisão temporária expedido em Teresina. A namorada do Filipi também foi conduzida à delegacia e autuada pelo crime de favorecimento pessoal, uma vez que confessou estar prestando auxílio na fuga.

A equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), presidida pelo Delegado Jorge Terceiro, conduziu as investigações do homicídio. Foi instaurado um inquérito policial e um auto de investigação de ato infracional, em razão de haver adultos e adolescentes envolvidos na prática do crime.

Até o momento exitem dois adultos plenamente identificados, sendo um deles o Manga Rosa. Foram ouvidas testemunhas, arrecadados objetos e realizadas diversas diligências investigativas. O DHPP investiga a possibilidade de envolvimento de mais pessoas nesse crime.

Qualquer informação que leve à prisão dos envolvidos no homicídio podem ser repassadas ao DHPP, através do número 181, ou ao DRACO, por meio do número (86) 99964-0647. O sigilo do denunciante é total e absoluto.

Fonte: Ascom

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!