Secretaria de Segurança prende dois homens suspeitos de participar da morte de estudante de medicina

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

A Secretaria de Segurança Pública, através do trabalho integrado da Polícia Civil e Polícia Militar, prendeu na tarde desta segunda-feira (13), na cidade de Caxias, estado do Maranhão, um homem identificado pelas iniciais F.E.S.G, conhecido como “Biel”, e um homem identificado pelas iniciais D. W.S.N, no bairro Morada do Sol, zona leste de Teresina.

Secretaria de Segurança prende dois homens suspeitos de participar da morte de estudante de medicina

A Secretaria de Segurança Pública, através do trabalho integrado da Polícia Civil e Polícia Militar, prendeu na tarde desta segunda-feira (13), na cidade de Caxias, estado do Maranhão, um homem identificado pelas iniciais F.E.S.G, conhecido como “Biel”, e um homem identificado pelas iniciais D. W.S.N, no bairro Morada do Sol, zona leste de Teresina. Os dois são suspeitos de envolvimento na morte da estudante de medicina Flávia Cristina Wanzeler, 23 anos, durante uma tentativa de assalto na Avenida Homero Castelo Branco, zona leste de Teresina, no último domingo (12).

De acordo com o Superintendente de Operações Integradas da Secretaria de Segurança Pública, delegado Matheus Zanatta, Biel possui uma extensa ficha criminal.

Divulgação

No dia 05 de janeiro de 2020, F.E.S.G. foi apontado como autor do crime de roubo praticado em associação com outros criminosos, tendo como vítima um entregador. Ele foi preso em maio de 2020 e em novembro de 2021 foi condenado a 8 anos, 10 meses, 20 dias de prisão, em regime semiaberto, ganhando o direito de recorrer em liberdade. Biel ainda é apontado como autor do crime de homicídio que pode ter relação com a disputa de gangues, ele foi preso preventivamente em março em 2022, porém foi inocentado, a pedido do Ministério Público, sob a alegação de legítima defesa em junho de 2022.

Fonte: Ascom/ Secretaria de Segurança

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!