Seduc amplia ações para a prevenção da violência nas escolas do estado

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

O órgão tem atuado de forma integrada para combater os mais diversos tipos de violência que possam afetar os jovens dentro e fora das escolas.

Um dos temas estratégicos nas ações pedagógicas elaboradas pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) é o clima escolar. O debate envolve questões como o bullying, importunação sexual contra mulheres e os casos de violência. Nesse sentido, o órgão tem buscado uma atuação efetiva junto às 21 Gerências Regionais, para aproximar-se da comunidade escolar e promover capacitações dos profissionais para atendimento de ocorrências.

Segundo a superintendente de Ensino Superior da Seduc, Viviane Carvalhedo, o órgão tem atuado de forma integrada para combater os mais diversos tipos de violência que possam afetar os jovens dentro e fora das escolas. “O desafio para superação da violência no contexto escolar deve ser combatido em conjunto. É por isso que nos últimos anos temos uma atuação mais forte que integra o que chamamos de Rede Protetiva, que inclui a Secretaria de Segurança Pública e todas as demais instâncias do segmento da segurança”, explica Viviane. A ideia é elaborar um grande plano para a prevenção e o rápido encaminhamento de casos de violência nas escolas.

Divulgação

Outro ponto destacado pela superintendente é o trabalho feito pelos profissionais que possuem uma ligação direta com os estudantes e com a comunidade escolar na prevenção e identificação de casos. “A Seduc está conectada com a agenda do clima escolar, ou seja, com as situações relacionadas à violência, importunação, bullying nas escolas. A gente já desenvolve um trabalho com as equipes multiprofissionais que incluem psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, seja aqui no órgão sede, bem como em todas as Gerências Regionais”, esclarece Viviane.

Os profissionais capacitados têm uma relação direta com o pelotão escolar e com a rede protetiva para notificação de casos e registro de boletins de ocorrência, caso necessário. “Além disso, temos uma agenda através do Canal Educação, que é o ‘Estudar pode ser leve’, onde a gente trabalha os temas relacionados à violência, bullying e também sobre protagonismo estudantil como uma ação de prevenção”, finaliza a superintendente.

Fonte: Ascom/ Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!