Seduc vai ofertar cursos para qualificar estudantes na área de empreendedorismo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

As parcerias entre instituições visam cursos profissionalizantes que possam qualificar os estudantes para o mercado de trabalho.

Durante a manhã desta terça-feira (28), o superintendente de Educação Técnica e Profissional e Educação de Jovens e Adultos (Suetpeja) da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Paulo Henrique Pinheiro, esteve reunido com o presidente da Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí (Piauí Fomento), Feliphe Araújo, para discutir a oferta de cursos profissionalizantes na área de empreendedorismo e qualificar estudantes da rede estadual de ensino como pequenos produtores e microempreendedores.

“Estamos tratando de parceria na área de empreendedorismo, gestão e negócios, usando nossa plataforma de educação a distância. As tratativas estão avançadas para que possamos, ainda no primeiro semestre, ofertar esses cursos”, afirma Paulo Henrique.

Nos últimos meses, a Suetpeja tem se empenhado para firmar parcerias entre instituições para a oferta de variados cursos profissionalizantes que possam qualificar os estudantes para o mercado de trabalho. Dentre os cursos, estão: Desenvolvimento de Sistemas, Metrologia, Operação de Máquinas Agrícolas, Transporte, Telecomunicação, Apicultura, Tecnologia da Informação, Informática, entre outros.

Piauí Fomento

A Piauí Fomento tem por objetivo contribuir para o crescimento dos setores e regiões do Estado, se constituindo como um instrumento de desenvolvimento estadual, não apenas na concessão de financiamentos, mas desempenhando ações em complementação e apoio à atuação governamental, para o desenvolvimento dos setores econômicos do Piauí. A sua atuação se faz presente em todo o território piauiense, estimulando a realização de investimentos para a criação de emprego e renda, a modernização das estruturas produtivas, o aumento da competitividade, a redução das desigualdades sociais e regionais, o apoio ao desenvolvimento dos arranjos produtivos e a interiorização do desenvolvimento. Para exercer sua função social, sua estratégia de atuação tem como foco o desenvolvimento das micro e pequenas empresas, empreendedores individuais e profissionais liberais.

Fonte: Ascom/ Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!