Semec e Seduc discutem termos de acordo de cooperação para criação de escola indígena em Teresina

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

O prédio que vai atender aos indígenas fica localizado no bairro Três Andares, na zona Sul de Teresina.

Técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semec) e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) se reuniram na manhã desta quarta-feira (03), no Centro de Formação Profissional Odilon Nunes (Cefor) para discutir termos técnicos do regime de colaboração entre os dois órgãos para a criação da primeira escola indígena de Teresina.

“As duas secretarias já atuam juntas com aulas para os indígenas venezuelanos em escolas da Rede Municipal de Educação e agora teremos um espaço destinado exclusivamente para atender a estes alunos”, afirma Geane Alves, gerente de Educação Fundamental da Semec.

O prédio que vai atender aos indígenas fica localizado no bairro Três Andares, na zona Sul de Teresina. Ele vai passar por reforma e tão logo esteja pronto as aulas devem ser iniciadas. Vai atender inicialmente 188 alunos e estará aberto aos não indígenas que desejarem estudar na unidade de ensino.

“Nesta reunião nós discutimos alguns termos técnicos do regime de colaboração que vamos firmar com a Semec para a criação da primeira escola indígena que vai atender aos indígenas venezuelanos Warao e Guajajara. Definimos as competências e responsabilidade de cada secretaria”, conta Tatiana Oliveira, Coordenadora do Núcleo de Educação Escolar Indígena e Quilombola da Seduc.

A Semec vai responsabilizar-se pela coordenação pedagógica da Educação Infantil e do Ensino Fundamental (regular e Educação de Jovens e Adultos), enquanto a Seduc será responsável pelas aulas do Ensino Médio (regular e Educação de Jovens e Adultos). Ambas as secretarias vão promover formação continuada dos professores e trabalhadores da educação e fazer o monitoramento das ações desenvolvidas na escola.

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!