Teresina terá Centro Especializado para Pessoas com Autismo; obras devem começar em 90 dias

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Espaço funcionará onde hoje é o Instituto de Perinatologia da Maternidade Evangelina Rosa.

As obras do Centro de Referência para Atendimento às Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), que será construído no local onde hoje funciona o Instituto de Perinatologia da Maternidade Dona Evangelina Rosa, estão previstas para começar em 90 dias. A informação foi repassada pelo governador Rafael Fonteles à imprensa, nesta quarta-feira (2), durante a entrega do Centro de Equoterapia de Teresina.

“Vai ser uma reforma de um prédio que já existe, que é o Instituto de Perinatologia, que vai sair de lá para o prédio da nova Maternidade Evangelina Rosa, até outubro. No local, teremos um complexo ambulatorial, que compõe o Centro Especializado no TEA, o Complexo da Saúde Mental e também a parte de geriatria. A meta é tudo ficar pronto no próximo ano”, disse o governador.

 

O secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, estima que na próxima semana o Governo do Estado deve publicar o edital de licitação para escolha da empresa que irá fazer a reforma do instituto e transformá-lo no novo complexo. “No projeto consta a construção de piscinas, auditórios, um consultório e de um ambiente familiar, porque a gente sabe que as mães ou os pais, quando recebem um diagnóstico de um filho com autismo, precisam de um suporte. Será um complexo que eu acredito que vai ser referência para o Brasil”, informou o gestor.

“O Piauí já é referência na promoção de política do direito das pessoas com deficiência. É um trabalho que já vem sendo feito pelo secretário Mauro Eduardo, pela ex-secretária e ex-deputada [federal] Rejane Dias junto com o ex-governador Wellington Dias, que abraçaram a causa e nós continuamos com essa missão e trabalho para ampliar e fortalecer as políticas públicas para atender com mais eficiência essas pessoas”, disse Rafael Fonteles.

O Centro de Referência para Atendimento às Pessoas com Transtorno do Autismo vai contar com:

– 10 consultórios;

– sala de observação;

– posto de enfermagem;

– 3 salas de escape;

– acolhimento parental;

– sala de capacitação para familiares;

– copa para familiares;

– sala de assistência social;

– 11 salas voltadas para práticas terapêuticas;

– piscina com vestiários acessíveis;

– área externa de acesso com tratamento paisagístico;

– 3 recepções;

– brinquedoteca;

– auditório para 114 lugares;

– foyer;

– banheiros acessíveis em toda a edificação;

– copa para funcionários;

– diretoria;

– secretária;

– arquivo;

– sala de reunião;

– informática;

– servidor;

– contabilidade;

– embarque e desembarque de pacientes.

Fonte: Ascom/Pi.gov

Telsirio

Telsirio

Faça um comentário!

Receba nossas notícias em tempo real!

Não enviamos spam!